Wall Street vs Main Street

O descolamento entre as expectativas do mercado em relação aos próximos trimestres e à economia real cresce a cada dia.

Mercados nos Estados Unidos seguiram em alta nesta semana, com os três principais índices marcando novos recordes. No acumulado do ano, o índice de tecnologia Nasdaq mostra valorização de 42 por cento, enquanto o S&P 500 sobe 13 por cento e o Dow Jones valoriza 5 por cento.

Definitivamente o pior ficou para trás.

Performance dos índices Dow Jones, S&P 500 e Nasdaq, de 02/01/2020 a 01/12/2020.

Fonte: Bloomberg


À medida que a vacina contra a Covid-19 começa a ser utilizada mundo afora, reforçando assim o sentimento de que muito em breve os Estados Unidos devem adotar uma das opções disponíveis no mercado, a preferência dos investidores tem se mostrado a favor das ações de “valor” em detrimento das empresas de tecnologia.


Infográfico mostra a preferência dos investidores a favor das ações de “valor” em detrimento das empresas de tecnologia.

Fonte: Finviz

Como mostra o gráfico acima, no acumulado desta semana, as techs mostram alguma queda, enquanto nomes do setor de energia e consumo se valorizaram bastante em alguns casos.


Durante a semana, tivemos dois grandes IPOs nos Estados Unidos.

Na quarta-feira, tivemos o início das negociações das ações da DoorDash, uma das maiores empresas de delivery do mundo, que concorre diretamente com o Uber Eats e Grubhub.

A empresa conta com quase 400 mil restaurantes cadastrados em sua plataforma e aproximadamente 18 milhões de clientes, majoritariamente nos Estados Unidos.

Gráfico mostra o número mundial de comerciantes disponíveis em cada plataforma de entrega - Grubhub, DoorDash e Uber Eats.

Fonte: Wall Street Journal


Cerca de 28 por cento desses usuários são bem fiéis à Companhia e possuem a assinatura mensal do plano de entregas, que funciona como o Rappi ou o Ifood por aqui. Eles pagam 9 dólares por mês e têm direito a entregas e alguns outros benefícios.

A expectativa da DoorDash era de ofertar 33 milhões de novas ações entre o intervalo de 75 a 85 dólares por ação, o que garantiria uma entrada líquida de recursos no caixa da Empresa de 2,5 bilhões de dólares.

No final das contas, o IPO saiu a nada menos do que 102 dólares por ação, ou seja, 20 por cento acima do teto esperado pelo management da Companhia.

Visto que em tempos de pandemia a demanda pelos serviços da Companhia explodiu – o crescimento das receitas nos nove primeiros meses deste ano foi de 226 por cento para 1,9 bilhão de dólares –, os investidores compraram a ideia de crescimento.

Mas a história não acaba por aí…

No dia do início das negociações, as ações da DoorDash subiram 86 por cento, o que dá à Companhia um valor de Mercado de quase 72 bilhões de dólares, superior à soma do valor de várias grandes redes de restaurantes nos Estados Unidos, como mostra o gráfico abaixo.


Gráfico apresenta o market value da DoorDash.

Fonte: Wall Street Journal

Ao preço atual, as ações da DoorDash negociam a um múltiplo Preço/Lucro 2021 de 584x, mas lá em 2022 ele deve comprimir para 247x, isso se a Companhia conseguir entregar um crescimento de 110 por cento nas receitas ao longo dos próximos dois anos.

Dedos cruzados para aqueles investidores que entraram no IPO...

Outra  empresa que esteve mais quente do que pãozinho fresco foi a Airbnb, que também lançou suas ações na bolsa americana nesta semana.

Esse talvez era o IPO mais esperado e desejado pelos investidores durante o ano.

Quando a diretoria da empresa publicou o prospecto da oferta, a ideia era vender as ações dentro do intervalo de 44 a 50 dólares por ação. A demanda foi grande o suficiente para levar a Empresa a elevar o intervalo para 56 a 60 dólares.

Acreditem vocês ou não, o preço final da oferta foi de módicos 68 dólares, ou seja, 36 por cento acima do topo estabelecido no início do processo – que, por sinal, imagino que já deixaria o management da Airbnb feliz, já que muitos dos diretores e do alto escalão possuem stock options.

Bom, essa história também não parou por aí…

No primeiro dia de negociação, que foi na quinta-feira, as ações da Companhia iniciaram as negociações a nada menos do que 146 dólares, uma alta de 114 por cento.

Na minha cabeça, o investidor que aceita pagar esse “preço” nas ações da Airbnb beira a insanidade. Notem, abaixo, o tamanho do prejuízo apresentado pela Empresa ao longo dos últimos anos:

Prejuízo da Airbnb, de 2015 a 2020.

Fonte: Wall Street Journal


Tivemos, na quinta-feira, o anúncio de que a FDA (a Anvisa gringa) deu luz verde para a utilização em caráter emergencial das vacinas contra a Covid-19. Fato certamente positivo, não apenas do ponto de vista econômico, mas principalmente social.

Contudo, na economia dos Estados Unidos, as coisas não andam muito bem. Tivemos a divulgação do número de novos pedidos de auxílio-desemprego, que subiu para 853 mil na semana passada, marcando o maior nível desde setembro. O número de vagas de emprego anunciadas na internet, nos Estados Unidos, também reduziu no mês passado. Isso mostra que a recuperação econômica não está indo de vento em popa.

Gráfico mostra pedidos de auxílio-desemprego nos Estados Unidos, semanalmente, de março a dezembro/2020.

Fonte: Wall Street Journal

Enquanto isso, em Washington, Republicanos e Democratas parecem chegar a um acordo quanto ao montante a ser aprovado para o próximo pacote de estímulos econômicos, que deve ficar perto de 900 bilhões de dólares. Um mal necessário; todavia, vale lembrar que em algum momento a conta terá de ser paga.

Por conta da pandemia, o país viu sua arrecadação diminuir e, ao mesmo tempo, teve que aumentar brutalmente os gastos, o que levou odeficit a patamares elevadíssimos, como mostra o gráfico abaixo.

Gráfico mostra o  aumento dos gastos e elevação do deficit nos Estados Unidos, de 1995 a 2020.

Fonte: Wall Street Journal



Novamente tenho a impressão de que o descolamento entre Wall Street e Main Street (economia real) está demasiadamente alto. As perspectivas positivas embutidas no valuation atual de muitas empresas são verdadeiramente assombrosas.

A cada dia, cresce a importância da disciplina rígida quanto à alocação de capital. Estudar caso a caso e detalhadamente as Companhias, em vez de comprar qualquer coisa para não perder o movimento de alta, com certeza faz diferença, ainda mais em momentos como o atual.

Seguimos atentos.

Até a próxima semana!


Compartilhar este artigo
por Cesar Crivelli
em 12/12/2020 para Nord Insights

Bacharel em Administração de Empresas pela PUC-SP, possui MBA pela FGV e MSF pela Hult International Business School. Integrou a equipe de Equity Research do Citibank e tesouraria da General Motors (GM) no Brasil. Posteriormente, atuou nas frentes de M&A e novos negócios da Xeros Cleaning Technologies (XTG), nos Estados Unidos. Ingressou na Nord Research em outubro de 2019, como parte do time do Nord Small Caps, e hoje é responsável pelo Nord Global.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!