Superando o pré-pandemia

Segundo dados recém divulgados pelo Sindicato da Habitação (Secovi-SP), em agosto foram vendidos 6.350 apartamentos novos na cidade de São Paulo, o que representa um aumento de + 46 por cento em relação a julho e + 35 por cento no comparativo de agosto do ano passado.

A tão desejada recuperação do mercado imobiliário pode estar acontecendo, cada vez com mais força. São Paulo está sendo a prova disso.

Não só a reabertura dos stands de vendas e a demanda reprimida que foi formada ao longo dos meses de isolamento social favoreceram para o desempenho desse setor, como também (e principalmente) as taxas de juros baixas - o grande coringa da jogada.

Caso esse nível seja mantido e a economia volte a andar, podemos ter um ciclo muito positivo para as construtoras daqui em diante.

Você tem interesse nas empresas do setor de incorporação e construção civil? Temos exposição em algumas teses nesse segmento, em diferentes estratégias da casa. Fica meu convite para que você conheça a nossa área do assinante.

Um abraço,


Compartilhar este artigo
por Guilherme Tiglia
em 01/10/2020 para Nord Insights

Engenheiro de Produção pelo Instituto Mauá de Tecnologia e pós-graduando em Finanças pelo Insper, iniciou sua carreira no Itaú-Unibanco em 2016. Integrou também as equipes da Quasar Asset Management e da Quatá Investimentos, atuando com análise de crédito corporativo e performance empresarial. Ingressou na Nord Research em julho de 2019, como parte da equipe do Nord Dividendos.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!