Quanto vale o crescimento?

Saiba como analisar os múltiplos de uma empresa de alto crescimento

O crescimento esperado implícito

Vamos supor que você precise escolher, dentre as 4 opções seguintes, qual você vai investir para os próximos 5 anos. Cada carteira possui 10 empresas que, em média:

  1. devem crescer seus lucros em linha com a inflação e negociam a 15 vezes lucros;
  2. têm um crescimento real (acima da inflação) esperado de 15 por cento ao ano e negociam a 30 vezes lucros;
  3. têm um crescimento real esperado de 30 por cento ao ano e negociam a 60 vezes lucros;
  4. têm um crescimento real esperado de 60 por cento ao ano e negociam a 120 vezes lucros.

Para facilitar a análise, todas as empresas possuem rentabilidade similar – em linha com a rentabilidade média da bolsa e, depois de 5 anos, a expectativa é que todas as empresas cresçam em linha com a inflação.

Qual você escolheria?

Pense um pouco nas variáveis antes de tomar a sua decisão.

Apenas uma das carteiras possui empresas que não estão com seu potencial de crescimento adequadamente precificado.

A carteira D!

As empresas, na bolsa, negociam em média a 15 vezes lucros atualmente. Isso significa que, multiplicando seus lucros por 8 vezes, as empresas que negociam hoje a 120 vezes lucros passariam a negociar em um múltiplo em linha com o múltiplo médio da bolsa.

Acontece que crescendo 60 por cento ao ano, as empresas da carteira D irão multiplicar seus lucros por 10,5 vezes no período. Dentre as opções dadas, é a única carteira de empresas que possui o potencial de crescimento subavaliado.

As empresas da carteira A crescem em linha com a inflação, mas seus múltiplos em linha com o múltiplo médio da bolsa refletem exatamente essa realidade.

As empresas da carteira B, crescendo 15 por cento anualmente, terão dobrado seus lucros ao final dos 5 anos, mas seu múltiplo médio atual de 30 vezes lucros embute exatamente essa expectativa.

As empresas da carteira C, crescendo a 30 por cento anualmente, terão multiplicado seus lucros por 3,7 vezes, um pouco menos que o crescimento implícito esperado embutido nos seus múltiplos 4 vezes maiores que a média do mercado.


O valor do crescimento

Esse exemplo demonstra que não podemos assumir que uma empresa está cara apenas porque possui múltiplos altos, é preciso levar em consideração o potencial de crescimento da companhia antes de tirar qualquer conclusão precipitada.

Uma empresa com potencial de dobrar seus lucros anualmente pelos próximos 5 anos estaria negociando a um preço justo com um múltiplo de 480 vezes lucros. A 240 vezes lucros pode ser uma excelente oportunidade.

É claro que quanto mais uma empresa precisa crescer para justificar seus múltiplos, maiores são as incertezas e mais “descontada” em relação ao seu real potencial de crescimento precisa estar para se tornar um investimento com boas expectativas de retorno.

Além disso, durante a análise de preço de uma companhia, também é preciso levar em consideração o patamar de rentabilidade das empresas, a visibilidade que temos do crescimento, a consistência dos resultados já entregues, o nível de confiança que o mercado tem na gestão, o endividamento e diversos outros fatores de risco.

Por exemplo, o ROE (retorno sobre o patrimônio líquido) médio das empresas na nossa bolsa é de cerca de 10 por cento, e é comum que companhias que possuem um ROE elevado, como Lojas Renner (LREN3), que entregou um ROE médio de 19 por cento nos últimos 15 anos, negociem com prêmio no múltiplo.

Não estou aqui para julgar se isso está certo ou errado, estou apenas constatando os fatos.


A parte difícil

Calcular o crescimento esperado implícito nos múltiplos das companhias é o passo mais fácil da análise das empresas de alto crescimento. É apenas matemática.

Entender se o crescimento esperado implícito nos múltiplos é factível e o quanto a empresa pode crescer além dele é o passo mais difícil e mais importante.

Contudo, a partir da análise do crescimento esperado, é possível se livrar do exercício de futurologia, que tenta projetar os resultados futuros das empresas. Ao tentar adivinhar qual será o resultado de uma empresa daqui a 5 anos, só é possível ter uma certeza: estaremos errados.

É por isso que, no NORD 10X, não perdemos tempo tentando fazer o impossível.

Concentramos nossos esforços em entender profundamente os negócios e os mercados de atuação das empresas que recomendamos, só assim conseguiremos entender se o potencial de valorização das nossas ações remunera adequadamente os riscos e as incertezas que são inerentes às respectivas teses de investimentos.

Cuidado com a falsa segurança das projeções e dos preços-alvo. Cuidado com quem assume que uma empresa está cara (ou barata) sem buscar entender adequadamente o negócio e seu potencial de crescimento.

Verifique onde está colocando seu dinheiro. Seu futuro (e o dos seus amados) depende das decisões de investimento que você está tomando hoje.

Se você quer investir nas empresas com maior potencial de crescimento da nossa bolsa, saiba que o growth investing demanda um nível de comprometimento, diversificação, disciplina e paciência ainda maiores.

Se você quer aproveitar o potencial de valorização das ações de crescimento sem correr riscos desnecessários, talvez você precise mudar a maneira como seleciona seus ativos.

Carteira da série Nord 10X, atualizada em 04/02/21.

Carteira da série Nord 10X, atualizada em 04/02/21

Nossa carteira possui apenas 3,5 meses de vida, mas já está entregando retornos acumulados na ordem de 100 e 150 por cento.

Algumas recomendações ainda nem começaram a se valorizar e temos novas empresas com enorme potencial que, em breve, se tornarão novas recomendações.

Se você gosta dessa forma de investir, na qual o crescimento forte da valorização de algumas Ações puxa toda a sua carteira para cima, então você tem a mesma cabeça do Nord 10X.

É para você que faço o convite para se juntar a nós. Comece a investir usando a estratégia do Growth Investing com o Nord 10X. O link para inscrição está aqui.

Disclaimer para os mais detalhistas: todas as vezes que eu me referi aos números médios da nossa bolsa atualmente, eu estava me referindo, na verdade, à mediana dos números, uma vez que os indicadores ou múltiplos médios podem ser impactados por valores muito extremos.


Abraço,


Compartilhar este artigo
por Rafael Ragazi
em 05/02/2021 para Nord Insights

Iniciou sua carreira como Analista na Investor Consulting Partners (assessoria especializada em M&A e finanças corporativas).Posteriormente, foi Gerente de Novos Negócios na Wise Up|Somos Educação (enquanto investida da Tarpon Investimentos) e Sócio responsável pela área comercial e membro do comitê de investimentos da Luminus Capital Management.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!