PIB 3T18: É devagar, é devagar...

Finalmente sairão os resultados do PIB do 3T18 e a economia ainda mostra lentidão para se recuperar.

Finalmente sairão os resultados do PIB do 3T18 e a economia ainda mostra lentidão para se recuperar.

Em comparação com o trimestre anterior crescemos em ritmo bem mais forte, 0,8 por cento, provavelmente fruto do desempenho fraco do PIB durante a greve dos caminhoneiros no meio do ano.

Quando comparamos com o mesmo período do ano passado, a recuperação econômica ainda segue devagar -- 1,3 por cento enquanto o mercado esperava 1,4.

O vilão parece ter sido o mesmo que era a estrela até então, o consumo. Em uma situação de desemprego e endividamento familiar altos, esse segmento perdeu força.

O investimento, que geralmente é o último a dar as caras, continua em sua trajetória ascendente e ajudou a limitar a desaceleração econômica – ótima notícia!

Fato é: sem reformas dificilmente alçaremos grande voos.

Enquanto isso vemos a economia patinar.

E sem crescimento = sem alta da inflação.

Então, onde estão os motivos para alta da Selic?

BC se reúne com economistas ontem e começam os burburinhos da possibilidade de novos cortes na taxa de juros -- será?

Mercado ainda desacredita, colocando Selic a 8% ao final do ano que vem.

No meio dessas divergências, permanecem ainda algumas (poucas) ótimas oportunidades na renda fixa.

Veja as mais maravilhosas oportunidades da renda fixa no Nord Wealth dessa semana!

Em observância à ICVM 598, declaro que as recomendações constantes no presente relatório de análise refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

Compartilhar este artigo
por Luiz Felippo
em 30/11/2018 para Nord Insights

Iniciou sua carreira num projeto de renda fixa do Insper com o BTG Pactual. Posteriormente atuou na área de pesquisa econômica internacional do Itaú Asset Management e foi analista de Renda Fixa da Empiricus Research. Formou-se Economista no Insper.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!