Otimismo em Wall Street

Durante o mês passado, os analistas de Wall Street aumentaram as projeções de lucros para as empresas que compõem o S&P 500.

A expectativa de lucro por Ação para o índice (que considera o agregado de todas as Companhias que o compõem) para o 4T20 aumentou em 1,8 por cento no mês passado, passando de 36,08 dólares para 36,78 dólares.

Apesar dessa melhora, vale lembrar que, durante o segundo trimestre deste ano, as expectativas eram muito superiores – em torno de 43,71 dólares.

Em relação aos setores que compõem o índice, os analistas estão mais otimistas (ou menos pessimistas) com o segmento financeiro, cujos lucros foram revistos em +14 por cento no mês passado e serviços de comunicação com aumento de +7,6 por cento.

Por outro lado, as empresas ligadas à extração e refino de petróleo, no segmento de energia, continuam na lista das que podem ser mais impactadas negativamente pela crise, e os lucros foram revisados fortemente para baixo no mês passado.

Se considerarmos que nos próximos quatro trimestres o lucro por Ação do índice deve ficar em torno dos 37 dólares ao trimestre, teríamos um lucro anualizado ao redor de 148 dólares.

Isso significa que, ao dividirmos o valor atual do índice – hoje em torno de 3.572 pontos – pelo lucro anual projetado, chegamos a uma razão Preço/Lucro de 24 vezes, ainda bem acima da média histórica do próprio índice.


Compartilhar este artigo
por Cesar Crivelli
em 12/11/2020 para Nord Insights

Bacharel em Administração de Empresas pela PUC-SP, possui MBA pela FGV e MSF pela Hult International Business School. Integrou a equipe de Equity Research do Citibank e tesouraria da General Motors (GM) no Brasil. Posteriormente, atuou nas frentes de M&A e novos negócios da Xeros Cleaning Technologies (XTG), nos Estados Unidos. Ingressou na Nord Research em outubro de 2019, como parte do time do Nord Small Caps, e hoje é responsável pelo Nord Global.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!