O que é o bom e o barato?

Saiba escolher o que há de melhor para seu patrimônio.

É o maravilhoso Value Investing

A estratégia do Value Investing é simples:

Compre coisa boa e barata e espere.

Comentamos mais sobre no Superinvestidores de sábado.

Mas o que é bom e barato?

Como podemos avaliar se algo está a um preço bom?


O bom

É simples.

Empresa boa é aquela que remunera o acionista adequadamente no longo prazo.

A forma mais fácil de enxergar é olhando a rentabilidade (ROE) ao longo do tempo.

O ROE é o retorno sobre o patrimônio.

O ROE é o “return on equity”.

O ROE é o lucro dividido pelo investimento dos sócios.

Afinal, quanto mais você investe, maior deveria ser seu lucro.

Faz sentido?


O bom exemplo

Nada melhor que um exemplo para solidificar um conceito.



ROE ITUB (verde) e USIM (marrom). Fonte: Bloomberg.


Acima temos o ROE de Itaú (ITUB4) e de Usiminas (USIM5).

ROE de Itaú sempre acima de +18 por cento. ROE de USIM sempre abaixo de +5 por cento.

Itaú = bom negócio.

Usiminas = negócio ruim.


O barato

É simples.

O barato é aquela empresa que negocia a um múltiplo de EV/Ebitda e Preço/Lucro (P/L) baixos.

Quão baixos? Depende do crescimento.

Quanto mais a empresa cresce, mais baratos são seus múltiplos.

Quanto maior o lucro amanhã, menor será o Preço/lucro.

Mesmo preço (P) e lucros (L) maiores = menor P/L.


O espetáculo do crescimento

Hoje, aqui está o segredo.

Pouca coisa é muito barata na bolsa se olharmos apenas para o passado.

Mas o futuro pode ser maravilhoso.

E temos empresinhas mostrando um apetite enorme por mais e mais lucros.

Empresas que crescem mais, tem menores P/Ls no futuro próximo.

O famoso “o caro sai barato”.

Mas, em nenhum momento, crescimento forte significa pagar qualquer preço.

Pagando caro pelo crescimento você perde o potencial.

Pague barato e o potencial de altas é seu.



Exemplo de crescimento

O ROE (o lucro) varia MUITO para algumas empresas (USIM foi de -20 por cento para +5 por cento).

É o “decrescimento” e o crescimento de lucros.

ROE = lucro/patrimônio.

Lucros caindo, ROE cai. Lucros subindo, ROE sobe.

Mas também temos o caso de crescimento com ROE estável = Itaú = bom negócio.

Mesmo assim, USIM e ITUB negociam ao mesmíssimo P/L:


P/L (PE) ITUB (verde) e USIM (marrom). Fonte: Bloomberg.



Momento de decisão

Imagine que só existem Itaú e Usiminas na Bolsa.

Em qual investir? Qual a melhor? Qual sua preferência?

Os P/Ls são iguais, os ROEs diferentes.

Compro o que é estável ou compro o que pode crescer muito?

Escolho a segurança ou vou para o ataque?



O mercado é só a consequência

Percebam que não falei em nem um momento sobre o preço das ações no mercado.

Ninguém sabe o que acontecerá no mercado. Quem diz que sabe, mente.

O preço não significa NADA sem entendermos os resultados.

NADA.

O preço é somente quanto pagamos pelos lucros ou quanto pagamos pelo Ebitda.

O preço é o Preço/Lucro ou o EV/Ebitda.



Seu dinheiro é flexível

Você não precisa escolher Itaú OU Usiminas.

Diversificação é a 8a maravilha do mundo.

Por isso também praticamos o Value Investing na Nord.

Sabe o que é bom e barato?

O Nord Combo Essencial.

Três ótimas estratégias pelo preço de duas.

ROE alto e estável com expansão de lucros.

Crescimento forte a preço de segurança.

Deixe o Nord Combo Essencial ajudar na construção do seu rico dinheirinho.

Seu patrimônio futuro agradece.

Em observância à ICVM 598, declaro que as recomendações constantes no presente relatório de análise refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

Compartilhar este artigo
por Bruce Barbosa
em 12/03/2019 para Nord Insights

Possui 15 anos de experiência no mercado financeiro. Antes de fundar a Nord Research passou pelo BNP Paribas, HSBC e Empiricus Research. Formado em Engenharia de Produção pela USP e possui um MBA pela New York University.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!