O poder de uma pandemia

Você já ouviu falar do ZOOM?

Acredito que nas últimas semanas esse aplicativo de teleconferências se tornou o amigo inseparável de muitas pessoas. Uma grande quantidade de empresas — inclusives grandes companhias — passaram a utilizar a plataforma do ZOOM para reuniões internas.

Era de abril de 2019 — um ano de forte liquidez no mercado americano, onde demanda por novos investimentos era muito forte.

Após inicialmente fixar um preço teto de 32 dólares para a venda de suas Ações, a ZOOM decidiu subir a referência para 35 dólares e acabou por vender os títulos no mercado por 36 dólares.

No primeiro dia de negociação as Ações da companhia subiram, nada menos, do que 72 por cento, encerrando o pregão na Nasdaq aos 62 dólares. Impressionante, não?

Um ano se passou e o coronavírus acabou por mudar nossa vida, ao menos momentaneamente. A ZOOM viu a demanda por seu aplicativo explodir e isso rapidamente se refletiu no preço das Ações.



Fonte: Google Finance


Neste ano, as Ações da empresa mostram valorização ao redor de 142 por cento e, para os investidores que entraram no IPO, o ganho é da ordem de 480 por cento.

Tudo muito bonito.

Particularmente, acredito que, dada a visibilidade alcançada pela empresa durante esta pandemia, ela terá boas oportunidades de monetizar a nova base de usuários que hoje utilizam a plataforma gratuitamente — só falta fazer acontecer.

Hoje a companhia negocia a 168x lucro esperado para 2021, já embutindo a revisão do lucro por ação em 2021 de 0,30 para 1,45 dólares.

Imaginem a quanto estaria o múltiplo preço/lucro da ZOOM se a expectativa de aumento nos lucros não existisse? Algo perto de 700x

Trouxe esse exemplo para mostrar que, a pandemia trouxe grandes irracionalidades ao mundo dos investimentos.

Tanto no momento em que os mercados derreteram e empresas se desvalorizaram brutalmente, sem grande coerência, quanto no sentido contrário, com o mercado embutindo crescimento enorme nas receitas e lucros de algumas empresas que podem, ou não, se beneficiar do momento atual.

Não se deixe levar pelas emoções. Análise criteriosa de qualquer investimento é fundamental para o sucesso de um portfólio no longo prazo.


Compartilhar este artigo
por Cesar Crivelli
em 08/06/2020 para Nord Insights

Iniciou sua carreira na área de análise de uma corretora independente e posteriormente integrou a equipe de Equity Research do Citibank, tesouraria da GM no Brasil e trabalhou em uma startp-up em Boston por dois anos, onde era responsável por M&A e expansão em novos negócios.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!