Linhões e mais linhões

Na quinta-feira (17/12), ocorreu o leilão de transmissão de energia elétrica da Aneel, e destaco que todos os lotes ofertados foram arrematados!

De certa forma, o ocorrido já estava dentro das expectativas, visto que, mais uma vez, a competição por linhões foi bastante acirrada, tanto considerando o cenário de juros mais baixos quanto a natureza de “porto seguro” do negócio em si, atraindo cada vez mais investidores de todas as naturezas. Além disso, neste ano, contamos apenas com um leilão por conta da pandemia.

Para essa rodada, estamos falando de 11 lotes em 9 estados do Brasil, envolvendo aproximadamente 2.000 km de linhas e 7 bilhões de reais em investimentos.

Relembrando: leva o projeto para casa quem conseguir ofertar a menor RAP (Receita Anual Permitida) pelo empreendimento. Nesse leilão, o deságio médio foi de 55 por cento, o que é considerável, mas ainda assim abaixo do observado no leilão do mesmo período do ano passado. Os maiores deságios nessa edição chegaram a superar 70 por cento em relação a RAP máxima.

Dentre os vencedores, alguns nomes de menor porte e com pouco histórico no setor. Nessas horas, é preciso ter muito cuidado para que as ofertas se traduzam em taxas de retorno condizentes com o atual cenário de juros e, no afã de levar os projetos para casa, não acabar com retornos minguados demais.

Do lado de cá, seguimos tranquilos com as empresas de transmissão do Nord Dividendos, que apresentam ótimo histórico de execução frente aos leilões, vasta experiência no setor e seguem com boas perspectivas de distribuição futura de proventos.

Abraços,


Compartilhar este artigo
por Guilherme Tiglia
em 19/12/2020 para Nord Insights

Engenheiro de Produção pelo Instituto Mauá de Tecnologia e pós-graduando em Finanças pelo Insper, iniciou sua carreira no Itaú-Unibanco em 2016. Integrou também as equipes da Quasar Asset Management e da Quatá Investimentos, atuando com análise de crédito corporativo e performance empresarial. Ingressou na Nord Research em julho de 2019, como parte da equipe do Nord Dividendos.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!