LCAM: a Ação que sobe, sobe, sobe e continua barata

Saiu muito caro para você não ter comprado Unidas – e não foi por falta de oportunidade. No 3T20, estão faltando carros e a oportunidade bate novamente à sua porta. Compre LCAM.

Somente unindo forças poderia triunfar

Há pouco mais de um ano, fizemos um relatório de Unidas (LCAM3): "A Ação que sobe, sobe, sobe e continua barata".

Quem olha a valorização das Ações desde seu IPO, em 2012, desacredita.

Gráfico mostra a variação de LCAM3 (branco) e Ibovespa (azul) de 2002 a 2020.

LCAM3 (branco) e Ibovespa (azul). Fonte: Bloomberg.

Começamos este relatório com uma profecia, uma visão, uma premonição. Dissemos:

"A Unidas (LCAM3) foi criada pela fusão de duas empresas.

A Unidas foi criada pela fusão de MUITAS empresas.

Em um mercado no qual o mais forte sobrevive, Unidas percebeu que somente unindo forças poderia sobreviver. Poderia triunfar.

E Unidas triunfou."


1 + 1 = 3

Dissemos: "No segmento de locação de automóveis, tamanho é documento".

A Unidas já entendia isso, Localiza (RENT3) entendeu isso.

Foi surpreendente, mas fez todo o sentido quando a Localiza anunciou a compra de Unidas.

Dissemos: "Em um segmento em que tamanho é documento, a união das duas maiores cria uma empresa com uma enorme capacidade de comprar carros mais baratos e captar dinheiro a juros menores.

Além, é claro, da economia com menos lojas em aeroportos, menos lojas de seminovos, menor custo administrativo.”

Gráfico mostra LCAM3 (branco), RENT3 (azul) e Ibovespa (laranja) desde 18 de setembro de 2020.

Desde 18 de setembro de 2020: LCAM3 (branco), RENT3 (azul) e Ibovespa (laranja). Fonte: Bloomberg.

No dia do anúncio, RENT3 subiu +14 por cento e Unidas subiu +17 por cento.

Para surpresa de muitos, era só o começo de altas muito maiores.

Para nós, não.


Sobe, sobe, sobe e não fica cara

É simples, pequeno gafanhoto.

O segredo é que os resultados de Unidas sobem junto com o preço das Ações.

Gráfico mostra LCAM3 (branco) e lucro acum 12 meses (verde).

LCAM3 (branco) e lucro acum 12 meses (verde). Fonte: Bloomberg.

Enquanto os lucros subirem forte e de forma saudável, as Ações podem continuar atingindo patamares cada vez mais altos.

É o "espetáculo do crescimento".

É a união de sorte, execução primorosa e um momento de mercado altamente favorável.

Explico.


São muitas locomotivas de crescimento

São 3 grandes locomotivas de crescimento para as grandes locadoras:

  1. O setor de locação cresce forte (uns 15 por cento ao ano).
  2. Locadoras grandes "jantam" as pequenas.
  3. Enormes avenidas de crescimento com a "uberização" da economia.

Vamos por partes...


  1. Setor cresce forte

Por enquanto, são 3 locadoras na Bolsa. As 3 possuem uma dinâmica de resultados bem parecida.

Gráfico mostra acima: Lucro acum 12 meses, abaixo: Ebitda acum 12 meses (LCAM branco, RENT verde e MOVI marrom).

Acima: Lucro acum 12 meses, abaixo: Ebitda acum 12 meses (LCAM branco, RENT verde e MOVI marrom). Fonte: Bloomberg.

As locadoras sofreram com a pandemia e o lockdown, mas já retomam a carga no 3T20.

Movida (MOVI3) é a menor, fez seu IPO em 2017 e, como ainda não soltou seus números do 3T20, fica prejudicada no gráfico.

Segundo as próprias empresas, o setor cresce ao redor de 15 por cento ao ano há anos. Com crise ou sem crise.

Mas as companhias crescem ainda mais – roubando o lanche das pequenas.


  1. Quanto maior, melhor

O raciocínio é simples.

No segmento de locação de automóveis, tamanho é documento.

Quanto mais carros Unidas compra, maior o desconto que consegue com as montadoras (GM, Volkswagen, Ford, Hyundai etc.).

Quanto maior (e mais conhecida) a companhia fica, maiores empréstimos capta dos bancos e do mercado financeiro e consegue menores taxas.

Menores custos na compra dos carros e menores custos de capital (empréstimos) são as duas ENORMES vantagens competitivas das locadoras.

Os maiores se tornam os melhores.

Tabela mostra:
Participação no mercado de aluguel de caros (varejo) em % de Localiza, Unidas, Movida e Outros, do período de 2016 a 2019.
Participação no mercado total (inclui locação de veículos e terceirização de frota) - em %, de Localiza, Unidas, Movida e Outros, de 2016 a 2019.

Fonte: Valor Econômico.

Acima, temos as participações das 3 grandes no mercado nacional.

As vantagens de escala são tão relevantes que, nos EUA e na Europa, as maiores possuem ao redor de 95 por cento do mercado total.

E o mercado total não para de crescer.


  1. "Uberização" = crescimento

O mercado de locação é, na verdade, muito maior do que imaginamos.

Hoje, no Brasil, a quase totalidade das pessoas compra seus próprios carros.

Nos EUA, o leasing, uma forma de aluguel, já representa 27 por cento das compras totais de veículos, e continua crescendo.


Gráfico mostra participação do leasing nos EUA, do período de 2002 a 2014.

Participação do leasing nos EUA. Fonte: New York Times e Edmunds.

Hoje, no Brasil, para quem faz conta, já não vale mais a pena comprar o carro – vale a pena alugá-lo (faça uma cotação na Unidas Livre).

Ainda é pequeno. Entretanto, esse mercado vem crescendo de vento em popa dentro das locadoras.

Além disso, temos o crescimento da economia do compartilhamento.

A Uber já se tornou um grande canal de aluguel de carros para as locadoras.

A "mobilidade" é uma enorme oportunidade.

Ou será que é um risco?


 危机 – wēijī, wéijī

Na sábia e milenar cultura chinesa, a palavra "perigo" também quer dizer "oportunidade".

Competição com startups entrantes mais jovens que fazem melhor, mais rápido e custam muito menos não é exclusividade dos bancos.

Prepare-se. Não há como se esconder, elas também estão vindo para devorar o seu negócio.

As pessoas já podem alugar seus próprios carros para terceiros via aplicativo.

Há uma infinidade de startups viabilizando o aluguel do carro próprio, o Airbnb de carro.

Ademais, carros elétricos e autônomos mudarão completamente a dinâmica competitiva do setor.

Se os carros são autônomos, qual é a diferença entre o serviço da Unidas e do Uber?

E do Google? E da Tesla? E da Apple? E da Amazon?

Mobilidade é um enorme perigo.

Mobilidade é uma enorme oportunidade.


No meio do caminho havia um CADE

No longo prazo, todos estaremos mortos.

As oportunidades e os perigos são sempre enormes, mas ainda não é o momento de focar neles, pequeno gafanhoto.

O perigo iminente é o CADE.

É a autarquia barrar a compra de Unidas por Localiza e melar seus planos de dominar a América Latina.

Sim, o Brasil ficou pequeno para a dupla.

É um risco. Localiza + Unidas tentarão convencer o CADE que o mercado endereçável da mobilidade é muito maior.

Que usarão sua dominância nos mercados de aluguel de carros (Rent a Car – RAC) e frotas (Gestão de Frotas – GTF) para o bem.

Como o Google, prometerão não utilizar seu poder monopolista para fazer o mal (aumentar preços).

Pois já dizia o Homem-Aranha: "Com grande poder vem grande responsabilidade".

Claro que as empresas já pensaram nisso antes de anunciar a fusão.

Claro que as companhias possuem consultores e planilhas extremamente detalhadas sobre aspectos que eu nem conseguiria imaginar aqui.

Mas não há como saber o que decidirá o CADE.

Sinceramente? Nem importa…


3T20: Faltam carros

O que importa são os resultados.

Lucros em alta são os melhores previsores de Ações em alta.

É o que nos ensina Warren Buffett, com seus "breves" anos e bilhões de dólares de experiência acumulada ganhando dinheiro do mercado.

(Se, como nós, você ganha mais que o mercado, alguém perde e você ganha).

Unidas divulgou resultados no dia 26 de outubro:

Receita +40 por cento, Ebitda +13 por cento e lucro +44 por cento.

Localiza divulgou resultados no dia 27 de outubro:

Receita +19 por cento, Ebitda +19 por cento e lucro +59 por cento.

O grande recado que nos passou Unidas foi:

A demanda está tão forte que faltam carros.

Poderíamos estar crescendo ainda mais se conseguíssemos comprar mais carros.

Com a pandemia, as pessoas estão alugando carros e evitando o transporte público.

Com a pandemia, as pessoas estão alugando carros e viajando perto de casa.

Apertem os cintos (e reservem seus carros), o 4T20 e 2021 serão ainda mais fortes.


Perigo é oportunidade!

Saiu caro para você não ter comprado Unidas em 2018.

Saiu mais caro para você não ter comprado Unidas em 2019.

Saiu ainda mais caro para você não ter comprado Unidas em 2020 – e não foi por falta de oportunidade.

Gráfico mostra variação de LCAM3.

LCAM3. Fonte: Bloomberg.

Mas só quem estava preparado aproveitou as enormes oportunidades em março deste ano.

Quem conhece seus investimentos.

Quem conhece suas empresas.

Quem enxerga resultados.

Quem confia em sua estratégia.

Quem assina a NORD Research.

LCAM subiu muito, mas a 14x Ebitda e 46x lucros, saindo da pandemia, continua barata.

Unidas ainda pode muito mais.

Seu portfólio pode muito mais. VOCÊ pode muito mais.

Invista em você. Invista em conhecimento. Invista em LCAM3.

Invista na NORD. Seu futuro agradece.


Compartilhar este artigo
por Bruce Barbosa
em 28/10/2020 para Nord Insights

Possui 17 anos de experiência no mercado financeiro. Antes de fundar a Nord Research passou pelo BNP Paribas, HSBC e Empiricus Research. Formado em Engenharia de Produção pela USP e possui um MBA pela New York University.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!