Itaúsa: as probabilidades sorriem para você.

Par, você ganha. Ímpar, você não perde. Negociando a apenas 11x lucros históricos, Itaúsa é uma enorme oportunidade para quem pensa a longo prazo (e ganha dinheiro em cima dos incautos).

Par, você ganha. Ímpar, você não perde.

Vamos jogar um jogo, eu e você.

As regras são: apostamos, eu e você, 100 reais cada.

Jogamos um dado de 6 lados (um dado "normal").

Imagem mostra dois dados vermelhos de 6 lados.


Todas as vezes que der par, eu te pago 10 reais.

Todas as vezes que der ímpar nada acontece (você não me paga nada).

Você gostaria de jogar esse jogo?


Rentabilidade: faça chuva ou faça sol

Os grandes bancos brasileiros sempre tiveram uma rentabilidade sobre seu patrimônio (ROE) bastante elevada.

Percebam como os bancos são consistentemente mais lucrativos que o índice Bovespa.

Gráfico mostra o ROE de Itaú (laranja), Bradesco (vermelho) e Ibovespa (verde) desde 1997.

ROE de Itaú (laranja), Bradesco (vermelho) e Ibovespa (verde) desde 1997. Fonte: Bloomberg.

Enquanto o IBOV mal consegue ROEs acima de +10 por cento, os bancos mantiveram rentabilidade acima de +20 por cento.

Com dólar para cima, os bancos são lucrativos. Dólar para baixo, bancos lucrativos. Juros altos ou baixos, bancos lucrativos. Economia crescendo ou em recessão, bancos lucrativos. Esquerda ou direita no poder, bancos lucrativos…

Já pensou por que os bancos são os maiores pagadores de impostos do país? Já pensou por que os bancos são sempre os alvos de políticos populistas? Entendeu meu ponto?

Não é uma jabuticaba, os bancos são historicamente rentáveis no mundo inteiro – não é uma coincidência Warren Buffett adorar bancos.


Value Investing: são apenas probabilidades

Warren Buffett, o maior investidor de todos os tempos, resumiu maravilhosamente bem:

Citação de Warren Buffett: "Take the probability of loss times the amount of possible loss from the probability of gain times the amount of possible gain. That is what we're trying to do. It's imperfect, but that's what it's all about."

"Pegue a probabilidade de perda vezes o valor da perda provável da probabilidade de ganho vezes a possibilidade de ganho. É isso que estamos tentando fazer. É imperfeito, mas é disso que se trata – Warren Buffett."

Em poucas palavras, este é o resumo do Value Investing: é basicamente a forma mais fácil de ganhar dinheiro do mundo.

Estamos apenas colocando as probabilidades a nosso favor.

O problema é que demora algum tempo.


A história de Itaúsa

Itaúsa (ITSA4) é a holding controladora do banco Itaú. Hoje, Itaúsa é só uma forma mais barata de investir em Itaú.

Isso porque mais de 100 por cento dos lucros da holding vêm do banco (a soma dos outros negócios deu prejuízo recentemente).

Mas o plano não era esse.

Quando a Itaúsa foi formada pelos Setúbal e pelos Villela lá em 6 de maio de 1966, o objetivo era criar uma holding familiar composta de:

  • 50 por cento do banco Itaú;
  • 50 por cento dos investimentos industriais das famílias.

Resumindo uma história longa, o Itaú é tão mais lucrativo que as empresas industriais da família que tomou conta da holding.

Com o passar dos anos, lucros crescentes e consistentes do banco dominaram completamente os resultados da holding.

Hoje, os controladores de Itaúsa se espelham no que o banco tem de bom para fazer novos investimentos.

Eles morrem de medo de errar em novos investimentos, como erraram desde 1966.


Sabe o que o 3o mais rico disse ao mais rico?

Esta história é ótima.

Jeff Bezos, fundador da Amazon e a pessoa mais rica do mundo, perguntou a Warren Buffett:

“Sua estratégia é simples e fácil, por que ninguém te copia?”

Buffett respondeu, como sempre, de forma fácil e simples:

"Porque ninguém quer ficar rico devagar.”


O Itaú é a lucratividade de seguridade e serviços

Eu poderia passar horas aqui explicando porque Itaú é tão lucrativo há tanto tempo.

Mas não vou te aborrecer com os detalhes.

O melhor resumo de Itaú é o gráfico abaixo:

Gráfico mostra Lucro líquido recorrente (R$ bilhões) e ROE (%) do Itaú.
Linha laranja: Lucro seguridade e serviços (29,1% e 14,7 bilhões de reais no 2T20).
Linha azul: Crédito e Trading (6,1% e 4,7 bilhões de reais no 2T20).

Lucro de Itaú. Fonte: Nord Research.

A enorme lucratividade de Itaú vem de seguridade (seguros e previdência) e serviços (taxas).

Veja como o lucro com serviços (linha laranja do gráfico) é sempre maior, muito mais resiliente e tem ROEs elevadíssimos (caixas laranjas).

Crédito (empréstimos) e trading (mesa de operações) ajudam a puxar o barco, mas são negócios muito menos lucrativos e dependentes da economia.

Foram justamente as possíveis perdas com crédito durante a pandemia que puxaram os lucros de Itaú para baixo em 2020.


A pandemia  e a PDD  passarão

As perdas com crédito ainda nem chegaram.

Porém, os bancos, conservadores que são, já fizeram provisões para devedores duvidosos (PDD) enormes, preparando-se para o pior.

Ao fazer provisões, os bancos guardam um pedaço dos lucros para repor as perdas.

E as perdas certamente virão.

Contudo, após a tempestade, vem a bonança. A pandemia é, por definição, um evento passageiro.

Além disso, a pandemia só afetou a "pior" linha de Itaú. Seguros e serviços continuam dando lucros bilionários trimestre após trimestre.

Ainda, quando as provisões (PDD) pararem de subir, a lucratividade dos bancos voltará a crescer.


Lucros demais trazem escrutínio demais

Vendo a enormidade dos ganhos com seguridade e serviços dos bancos, as fintechs decidiram atacar.

Vendo a enormidade dos ganhos com seguridade e serviços dos bancos, o Banco Central (BC) decidiu intervir.

Os bancos são tão lucrativos que atraíram a atenção de competidores e da regulação para seu mercado.

Não é a primeira vez.

As fintechs aproveitam um ambiente de juros baixos e dinheiro abundante para tentar atacar os lucros dos bancos.

O BC está implementando uma agenda de reformas para reduzir os custos do sistema e aumentar a competição.

Faz sentido.


Desafios e probabilidades

Pense bem. Sim, o ataque das fintechs e do BC são desafios enormes para os bancos.

Mas pense em probabilidades.

O mercado já precificou a queda de lucros dos bancos. Com lucros caindo -30 por cento, até agora, na crise, o mercado derrubou as Ações dos bancos em -30 por cento.

O mercado precifica que os lucros dos bancos não se recuperarão da crise.

Gráfico mostra Itaúsa lucro líquido (verde) e Preço (amarelo).

Itaúsa lucro líquido (verde) e Preço (amarelo). Fonte: Bloomberg.

Enquanto o restante da Bolsa teve lucros caindo ainda mais do que os bancos e recuperação de preços desde o fundo da crise, o mesmo não aconteceu com os bancos.

Hoje, Itaúsa negocia a apenas 11x lucros históricos (lucros já menores, impactados pela crise).

Vimos como os lucros de Itaú foram impactados apenas pelas perdas com crédito. Perdas que cessarão com o fim da pandemia.

Se os lucros de Itaúsa voltam a subir, você ganha.

Se os lucros de Itaúsa não voltam a subir, você não perde.

Você gostaria de jogar esse jogo?


É impossível, mas acontece todos os dias

Você certamente está pensando: "é impossível, claro que os investidores são inteligentes e oportunidades assim não existem."

Entretanto, o “curto-prazismo” e a falta de confiança em suas próprias posições cria medo e angústia mesmo nos grandes investidores.

"É o dinheiro das pessoas, claro que elas não fariam loucuras com ele."

Mas todas as perdas dos day traders (e outros loucos) se tornam ganhos para outras pessoas na Bolsa.

"Os tubarões da Bolsa são espertíssimos. Se é tão óbvio, por que eles ainda não aproveitaram essa oportunidade?"

Todavia, o dinheiro que os tubarões investem vem de pessoas físicas, que sacam dos Fundos com 1 mês de rentabilidade negativa.


Pense a longo prazo

Sim, no curtíssimo prazo o resultado dos bancos ainda terá os efeitos das perdas de crédito.

Porém, com enorme rentabilidade, os bancos são grandes geradores de caixa e pagadores de dividendos.

Em 2020, para estimular mais empréstimos, o BC proibiu os bancos de pagar dividendos e recomprar suas Ações. Tudo isso muda em 2021.

Em 2021, os grandes lucros dos bancos se transformarão em dividendos e em recompras de Ações.

Podemos estar diante de uma oportunidade única de sermos sócios da melhor parte dos negócios dos Setúbal e dos Villela – algumas das famílias mais ricas do país.

Na carteira da série O Investidor de Valor, pensamos como os bilionários.

Gráfico mostra, desde julho de 2015, IV (azul), IBOV (vermelho) e CDI (amarelo).

Desde julho de 2015 IV (azul), IBOV (vermelho) e CDI (amarelo). Fonte: Bloomberg e Nord Research.

A longo prazo, nossa rentabilidade média +26,6 por cento ao ano (contra +13,7 do IBOV) será como tomar doce de criança.

Pense como Bezos, Buffett, Setúbal, Villela… ganhe dinheiro a longo prazo.

Compre Itaúsa.


Compartilhar este artigo
por Bruce Barbosa
em 21/10/2020 para Nord Insights

Possui 17 anos de experiência no mercado financeiro. Antes de fundar a Nord Research passou pelo BNP Paribas, HSBC e Empiricus Research. Formado em Engenharia de Produção pela USP e possui um MBA pela New York University.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!