Itaú – Máquina de criar valor

O colosso Itaú (ITUB4) divulgou lucro de enormes 7,2 bilhões de reais no 3T19, +11 por cento na comparação com o 3T18.

O resultado veio bem em linha com as expectativas e um pouco abaixo de Bradesco (BBDC4) e Santander (SANB11), que cresceram +19 por cento.

A carteira de crédito de ITUB cresceu +8 por cento, com Pessoas Físicas (+15 por cento) e Pequenas e Médias Empresas (+25 por cento) ganhando maior participação. Após vários trimestres de quedas, até o segmento de Grandes Empresas (+4 por cento) voltou a apresentar crescimento.

Mesmo com a nova composição da carteira de crédito, o banco conseguiu manter a qualidade de seus ativos e seu índice de inadimplência ficou estável em 2,9 por cento, na comparação anual.

A receita com serviços cresceu +7 por cento, com destaque positivo para a Administração de Recursos (+29 por cento) e Assessoria Financeira e Corretagem (+150 por cento) e destaque negativo para Adquirência (-21 por cento) – já esperado desde que o Itaú decretou que a Rede (sua adquirente) não gera mais valor.

E o destaque positivo do trimestre – o Itaú manteve a disciplina e suas despesas cresceram míseros +1,2 por cento. Mesmo com programa de desligamento voluntário do banco (adesão de 3.500 colaboradores) causando um efeito não recorrente de 2,4 bilhões de reais.

Se Itaú quer competir em preço com as fintechs, seu principal driver será a (forte) redução de custos.

O destaque negativo no trimestre ficou para o aumento no custo de crédito (previsto no guidance anual da empresa), com a maior participação do varejo na carteira (maior risco, maior margem, maior inadimplência).

Mas ITUB segue criando cada vez mais valor para seu acionista, entregando um retorno sobre o patrimônio líquido (ROE) de 23,5 por cento, que ainda é 2 pontos percentuais superior ao de seus pares.

Lucro e Criação de Valor. Fonte: Itaú.

Com resultados robustos, crescimento ininterrupto e custos controlados, Itaúsa (ITSA4), a holding do banco, negociando a ínfimos 12x lucros, segue intacta na primeira posição no ranking de recomendações do Investidor de Valor.

E, com resultados assim, continuará a liderar o ranking por anos e anos.


Abraço,

Rafael Ragazi.



Em observância ao Artigo 22 da Instrução CVM nº 598/2018, a Nord Research esclarece que oferece produtos contendo recomendações de investimento pautadas por diferentes estratégias e/ou elaborados por diferentes Analistas. Dessa forma, é possível que um mesmo valor mobiliário encontre recomendações distintas em diferentes produtos por nós oferecidos. As indicações do presente Relatório de Análise, portanto, devem ser sempre consideradas no contexto da estratégia que o norteia.


Assuntos relacionados
Compartilhar este artigo
por Rafael Ragazi
em 05/11/2019 para Nord Insights

Iniciou sua carreira como Analista na Investor Consulting Partners (assessoria especializada em M&A e finanças corporativas).Posteriormente, foi Gerente de Novos Negócios na Wise Up|Somos Educação (enquanto investida da Tarpon Investimentos) e Sócio responsável pela área comercial e membro do comitê de investimentos da Luminus Capital Management.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!