Imóveis (e a Bolsa) não têm risco

Enxergue a bolsa como você enxerga seu imóvel.

Imóveis não tem risco

Sempre ouço alguém me dizer que imóveis não têm risco.

Que raiva. Me dá uma vontade imensa de me jogar do 57o andar.

Cair gritando lá de cima até me espatifar na calçada.

Mas cada um acredita no que quer.

Aloca dinheiro como quer.

Perde dinheiro como quer...


Medo de bolsa

Tem medo de bolsa? É assim que você enxerga o mercado:



Na sua cabeça, toda alta é especulação. Todas as quedas, previsíveis.

Os tubarões devoram os pequenos.

Todos sabem de algo que SÓ VOCÊ não sabe.

É só você entrar que o mercado irá despencar... de novo.


O preço dos imóveis sempre sobem

Quem tem medo de bolsa adora imóveis.

Pois, claro, os preços dos imóveis sempre sobem.

Imóveis não tem risco.

Mesmo que a crise americana de 2008 tenha provado o contrário.

Quem viu “A Grande Aposta” entende o meu desespero.

Me sinto como Mark Baum na convenção em Las Vegas...


“Imóvel é um investimento sem risco”

Se o preço não varia, não existe risco.

Mas se não existe negócio, não existe preço.

Se não existe preço, não existe mercado.

Se não existe mercado, não existe risco.

... ?


O preço é meu e ninguém tasca

Quem compra um imóvel só olha o preço quando lhe convém.

Os preços só variam para cima.

O preço “justo” do imóvel é apenas uma ideia do dono.

Não precisa ter aderência com a realidade.

Não precisa respeitar o bom senso.

Não precisa respeitar a matemática.


É assim que as pessoas enxergam os preços de seus apartamentos:



“Ah, que maravilha. O preço do meu imóvel só sobe.”


Os imóveis sobem para sempre

Já pensou no potencial de alta dos imóveis em geral?

Se a média dos imóveis subir 20 por cento ao ano por 20 anos, ele multiplica 38x.

Mas e nossos salários não?

Se seu apartamento subir 38x em 20 anos você conseguiria comprá-lo?

Só os bilionários teriam apartamentos?

Moraríamos todos embaixo da ponte?


O risco da bolsa

A única diferença da bolsa para os imóveis é a liquidez.

Na bolsa temos preços todos os dias. Todos os minutos.

Mas preços chacoalhando não representam risco.

Volatilidade não é risco.

Risco é ter resultados piorando a longo prazo.


Bolsa = PIB = Imóveis?

Comprar índice Bovespa é menos arriscado que comprar imóveis.

Se o índice representa (mais ou menos) a economia;

Um portfólio de empresas dificilmente terá resultados piorando a longo prazo.

Só se tivermos a economia piorando a longo prazo.

Com economia piorando, os imóveis também sofrerão.

Pois os dois dependem da mesmíssima coisa.

Ou você acha que os imóveis na Venezuela valem milhões de dólares?


A bolsa só sobe

O maior investidor do mundo é famoso por comentar que a bolsa poderia ficar fechada por 10 anos.

Buffett não se preocupa com as loucuras diárias do mercado financeiro.

Quem se importa com pisca-pisca de preços diários?

O que importa é se a economia está crescendo.

Se a economia cresce, os resultados melhoram.

Se os resultados então melhoram, as ações então sobem.



É assim que o Investidor de Valorenxerga suas ações:



“Ah, que maravilha. O meu portfólio de ações só sobe.”

Em observância à ICVM 598, declaro que as recomendações constantes no presente relatório de análise refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

Assuntos relacionados
Compartilhar este artigo
por Bruce Barbosa
em 19/02/2019 para Nord Insights

Possui 17 anos de experiência no mercado financeiro. Antes de fundar a Nord Research passou pelo BNP Paribas, HSBC e Empiricus Research. Formado em Engenharia de Produção pela USP e possui um MBA pela New York University.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!