Em busca de linhões

A participação de empresas buscando projetos no próximo leilão de transmissão parece estar vindo a todo vapor.

A EDP Energias do Brasil, empresa com exposição a todos os elos do setor elétrico, anunciou que está em busca de ampliar a sua exposição ao segmento de transmissão de energia.

Ela recentemente concluiu uma obra no Maranhão, e agora apresenta planos para participar do próximo leilão de transmissão, marcado para dezembro. Ainda não dispomos de mais detalhes.

Em linhas gerais, o leilão deve oferecer um total de onze lotes, espalhados por nove estados do Brasil. Temos como expectativa o prosseguimento da competição já observada no passado, no arremate de projetos, com diversos tipos de participantes em busca de diversificação e taxas de retorno atrativas.

Meu ponto de atenção: muito cuidado na hora de trazer projetos para casa e não levar retornos minguados demais, o que pode ser considerado normal em um cenário de maior competição e baixa taxa de juros.

No caso de EDP, saudamos bastante a iniciativa da Companhia, mas por ora ficamos de fora em função da participação no segmento de distribuição, que vem apresentando um curto prazo bastante complexo com a situação da pandemia. Em se tratando de dividendos, talvez seja um risco que não estamos dispostos a correr.

Quanto aos leilões, seguimos bastante satisfeitos com a estratégia de execução das nossas transmissoras do Nord Dividendos.

Abraços,

Guilherme Tiglia, CNPI


Compartilhar este artigo
por Guilherme Tiglia
em 13/08/2020 para Nord Insights

Engenheiro de Produção pelo Instituto Mauá de Tecnologia e pós-graduando em Finanças pelo Insper, iniciou sua carreira no Itaú-Unibanco em 2016. Integrou também as equipes da Quasar Asset Management e da Quatá Investimentos, atuando com análise de crédito corporativo e performance empresarial. Ingressou na Nord Research em julho de 2019, como parte da equipe do Nord Dividendos.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!