É hora de retomar?

O setor de shopping centers no Brasil voltou a dar melhores sinais de atividade após períodos críticos de pandemia, em que as vendas chegaram a cair -90 por cento no comparativo anual.

O dado mais recente, segundo fontes do setor, é de que as vendas nos shoppings, apesar de ainda estarem abaixo dos patamares do pré-Covid-19, apresentam uma retração na ordem de apenas -25 por cento.

Outro dado interessante disponibilizado pela Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers): das 11 mil lojas que encerraram as atividades entre abril e agosto, 6 mil já foram reocupadas.

Parece que temos muito ainda a reconquistar, mas devemos saudar toda e qualquer evolução! Afinal, trata-se de um setor que é majoritariamente dependente de fluxo físico, que visa não somente a compra, mas também a convivência e experiência nos estabelecimentos, as quais ficaram temporariamente inviáveis em razão da aplicação das medidas de isolamento social.

Foi difícil e tem sido difícil, uma vez que nos deparamos com situações de novos fechamentos após processos de reabertura. Agora, resta-nos seguir monitorando o desempenho nas vendas, a saúde financeira dos lojistas, a redução das taxas de vacância e o cenário macro para o nosso país.

Temos uma excelente aposta nesse segmento no Nord Small Caps, com um portfólio altamente resiliente e que está se beneficiando desta retomada.

Abraços,


Compartilhar este artigo
por Guilherme Tiglia
em 08/10/2020 para Nord Insights

Engenheiro de Produção pelo Instituto Mauá de Tecnologia e pós-graduando em Finanças pelo Insper, iniciou sua carreira no Itaú-Unibanco em 2016. Integrou também as equipes da Quasar Asset Management e da Quatá Investimentos, atuando com análise de crédito corporativo e performance empresarial. Ingressou na Nord Research em julho de 2019, como parte da equipe do Nord Dividendos.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!