Ciclo positivo no radar?

Segundo pesquisa recente divulgada pelo Sindicato da Habitação (Secovi-SP) com relação ao mês de setembro, contamos novamente com uma evolução nos lançamentos e vendas na cidade de São Paulo.

Mesmo abaixo das vendas de agosto, mês em que atingimos recordes e com forte evolução, ainda estamos superiores em relação a setembro do ano passado.

No caso, foram 5.147 unidades comercializadas no mês (+ 19 por cento a/a). Com relação ao acumulado dos últimos 12 meses, as vendas totalizaram 49.715 unidades (+ 13 por cento a/a).

Já com relação aos lançamentos, atingimos 6.238 unidades em setembro, uma evolução de + 40 por cento a/a. Nos últimos 12 meses, os lançamentos totalizaram 56.646 unidades, aproximadamente + 1.5 por cento acima do mesmo período do ano anterior.

São dados que apontam para uma recuperação de mercado e um bom momento para o setor. A meu ver, isso é bastante impulsionado pelas boas condições de crédito imobiliário (affordability), além de uma necessidade de maiores e novos espaços influenciando a decisão dos consumidores e uma demanda reprimida que foi formada ao longo dos meses mais críticos da pandemia.

Como consequência de uma demanda mais forte, também estamos observando um movimento de preços para cima que pode, sim, trazer um pouco de gordura para os resultados futuros.

O setor passou por um 2T20 bastante incerto, com estandes fechados e incorporadoras botando o pé no freio em lançamentos.

Felizmente, isso pode estar ficando para trás, e a visibilidade à frente está um pouco mais clara. No entanto, para seguirmos assim, vejo que é necessário que não haja uma mudança muito forte no atual ciclo de juros como consequência de um descompromisso com relação à nossa situação fiscal.

Do lado de cá, estamos muito felizes com a nossa aposta do setor alocada em nossa carteira do Nord Small Caps, que vem lançando novos empreendimentos com assertividade e mantendo boa velocidade de vendas.

Um abraço.


Compartilhar este artigo
por Guilherme Tiglia
em 28/10/2020 para Nord Insights

Engenheiro de Produção pelo Instituto Mauá de Tecnologia e pós-graduando em Finanças pelo Insper, iniciou sua carreira no Itaú-Unibanco em 2016. Integrou também as equipes da Quasar Asset Management e da Quatá Investimentos, atuando com análise de crédito corporativo e performance empresarial. Ingressou na Nord Research em julho de 2019, como parte da equipe do Nord Dividendos.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!