Centauro é short

Comprar (ou não) Netshoes pode ser o inferno para Centauro.

Comentamos no dia 29 de maio como a Netshoes (negociada nos EUA) deveria ser disputada com unhas e dentes pela Centauro (CNTO3) e pela Magazine Luiza (MGLU3) aqui.


Faz todo o sentido, MGLU e CNTO tem todo o interesse em montar uma operação de varejo esportivo online e Netshoes já está prontinha.


Netshoes vale muito mais para uma varejista maior, que saiba operar o varejo online, que para o mercado - as ações negociavam a menos de 2 dólares e a última oferta da Centauro foi de 4,10 dólares. Netshoes tomará sua decisão hoje.


Centauro luta para sobreviver em um mercado que já está sumindo nos EUA. Seu negócio está sendo esfacelado pela nova era da desintermediação - ou o consumidor compra os artigos na Amazon ou compra direto do site da Nike e de outros fabricantes.


Centauro, como ela é hoje, está com seus dias contados. Ou a companhia se transforma rapidamente em online e compete com MGLU e Amazon ou terá o mesmo destino de Saraiva (SLED4) e Livraria Cultura (não negociada em bolsa).


A 9x Ebitda e 12x lucros, claro, no ANTI-Trader, já estamos pensando: "Quando será o momento de shortear Centauro?"


Shortear é o ato de comprar sem ter, e apostar na queda das ações.


Se Magazine Luiza ficar com Netshoes, o fim de Centauro pode estar bastante próximo. Se Centauro comprar Netshoes, precisaremos acompanhar a fusão e os movimentos da competição (MGLU e Amazon).


Mas não será fácil para a Centauro pagar os 500 milhões de reais que ofereceu à Netshoes - 500m são pouco menos de 2x seu Ebitda. Mas a operação de Netshoes é deficitária e precisa de injeção de capital IMEDIATA (a conta será de bem mais de 500 milhões).


Já vimos esta história milhões de vezes: a companhia se alavanca para uma aquisição e a dívida se torna um peso grande demais. As sinergias só são enormes nas apresentações dos banqueiros.


No ANTI-Trader, temos aqui um belo short. Só nos resta esperar o momento certo.

Em observância à ICVM 598, declaro que as recomendações constantes no presente relatório de análise refletem única e exclusivamente minhas opiniões pessoais e foram elaboradas de forma independente e autônoma.

Compartilhar este artigo
por Bruce Barbosa
em 14/06/2019 para Nord Insights

Possui 16 anos de experiência no mercado financeiro. Antes de fundar a Nord Research passou pelo BNP Paribas, HSBC e Empiricus Research. Formado em Engenharia de Produção pela USP e possui um MBA pela New York University.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!