A pizza não é mais gostosa fatiada em 6, 8 ou 12 pedaços.

No último dia 31 de agosto as ações da Apple (AAPL) e da Tesla (TSLA), ambas negociadas nos EUA, sofreram um split, ou conhecido como desdobramento.


O desdobramento é apenas a divisão de uma ação ajustando seu preço. Uma ação de 100 reais é dividida em 4 e, assim, cria 4 ações de 25 reais cada.


O interessante é que muitos investidores leigos, acreditam que o desdobramento "faz a ação subir". E não é só no Brasil.


O mago do valuation, Aswath Damodaran, escreveu um artigo sobre o tema. Segundo ele, uma pizza não ficaria mais gostosa porque a dividimos em 6, 8 ou 12 pedaços. Ela continuará sendo a mesma pizza com o mesmo sabor e o mesmo tamanho.


Um estudo recente mostra que, geralmente, os splits ocorrem após uma forte alta — foi o caso de AAPL e TSLA —, também não verificou um aumento adicional das ações após os desdobramentos.


O maior número de ações no mercado gera maior liquidez, mas o desdobramento é uma operação puramente cosmética, não gera valor.


Warren Buffett e Elon Musk (principais acionistas de Apple e Tesla) não ficaram mais ricos só porque eles tem 4 ou 5 vezes mais ações — o valor das empresas é o mesmo.


As receitas, o Ebitda e os lucros das empresas são os mesmos.

O preço de tela é apenas uma ilusão. O que vale é o quanto pagamos pelos resultados — lucros (Preço/Lucro) e pelo Ebitda (EV/Ebitda).


São preços baixos e resultados crescentes que resultam em ações em alta e um patrimônio muito maior no longo prazo para o Investidor de Valor.


Compartilhar este artigo
por Bruce Barbosa
em 04/09/2020 para Nord Insights

Possui 17 anos de experiência no mercado financeiro. Antes de fundar a Nord Research passou pelo BNP Paribas, HSBC e Empiricus Research. Formado em Engenharia de Produção pela USP e possui um MBA pela New York University.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!