+69 por cento no meio da crise

2020 apenas começou, e como sempre digo: investir em bolsa é 99 por cento psicológico. Tenha uma estratégia. Confie em sua estratégia. Deixe-nos ajudar.

Lucros e bolsa para cima

2020 ainda não chegou à metade.  Mas, certamente, já está marcado na história.

Começamos 2020 animados.

Havíamos passado a reforma mais importante para o país em 2019, a reforma das reformas: a Reforma da Previdência.

Os juros caíram, a dinâmica da dívida pública entrava em trajetória decrescente.

Após 25 anos de juros estratosféricos, o Brasil se normalizava e finalmente podia crescer com juros baixos.

Selic (ou CDI). Fonte: Bloomberg.

Nossa economia começava a dar sinais cada vez mais claros de aceleração.

2020 seria o início do futuro do Brasil e dos brasileiros. A bolsa começou o ano batendo recordes seguidos, como deveria ser. O crescimento dos lucros das empresas continuava em ascensão.

Ibovespa (branco) e lucros das empresas (laranja). Fonte: Bloomberg.

O potencial era enorme. Estávamos apenas deixando para trás a crise. Estávamos apenas buscando todos os anos que ficamos para trás do restante do mundo.

O que poderia dar errado?


No meio do caminho tinha um coronavírus

Ex-post, sempre parecerá óbvio. Mas só entende quem estava inserido no mercado na época.

As expectativas de crescimento para a economia brasileira em 2020 caíram de +2 por cento para -6 por cento.

Previsões para o PIB brasileiro em 2020. Fonte: Bloomberg.

Foi um enorme choque.

A Ásia já havia passado por 2 pandemias há alguns anos (SARS e MERS) e seus efeitos não haviam chegado às nossas fronteiras.

Desta vez foi diferente.


Março de 2020

Foi a maior derrocada da história das bolsas mundiais. Foi a mais rápida e a mais violenta.

IBOV (branco), SPX (EUA, azul), HSI (China, laranja), MexBol (México, roxo), Sx5e (Europa, amarelo) e Shenzhen 300 (China, azul). Fonte: Bloomberg.

Os mercados globais caíram entre -20 por cento e -30 por cento.

O Brasil foi uma das piores bolsas mundiais. Caiu muito mais, chegando em -47 por cento.


-61 por cento

Errei completamente a leitura do que estava acontecendo.

No ANTI-Trader, tínhamos 25 por cento do portfólio em caixa, tínhamos 25 por cento do portfólio em short (venda a descoberto).

Tínhamos as proteções necessárias para passar maravilhosamente bem pelo olho do furacão.

Mas nunca imaginaríamos que o estrago seria tão grande. Não imaginávamos que cairíamos mais do que lá fora.

ANTI-Trader (branco) e Ibovespa (azul). Fonte: Bloomberg.

Desfizemos nossas proteções rápido demais. Zeramos o short e utilizamos o caixa cedo demais.

No ANTI-Trader, caímos enormes -61 por cento do pico.


O espelho retrovisor é incontestável

Poderia ter ganhado muito mais dinheiro na crise, mas zeramos nossas proteções cedo demais.

Com o mercado eufórico, certamente, tínhamos pessoas alavancadas que não sabiam o que estavam fazendo.

A alavancagem e o excesso de risco fazem as quedas ficarem ainda mais profundas.

Certamente, muitos fundos tomando mais risco do que deveriam para ficar bonito na foto e captar mais.

Muitos deles ficaram pelo caminho. Muitos deles precisaram se reinventar.

Nós não.


Investir é 99 por cento psicológico

Porque, no olho do furacão, quando estão todos desesperados, com a bolsa despencando, os fundos vendendo, o mercado acreditando que o mundo acabou … é o momento de fazer boas compras.

Mas é neste momento que seu psicológico vai ruir.

E, são estes momentos que definem as boas estratégias. São nestes momentos que você precisa confiar no que está fazendo.

Investir na bolsa é 99 por cento psicológico.

Os bancos de investimento internacionais, as grandes placas, as corretoras, os youtubers e os palpiteiros gritavam: "Cautela".

Alguns até recomendavam vender ações no pior momento.

Nós não.


Do grego stratēgia

Confiamos completamente em nossa estratégia.

Pois ela resiste à prova do tempo. Ela já fez diversos bilionários no mundo.

Ela foi lapidada por décadas pelo maior investidor de todos os tempos Warren Buffett.

Não foi fácil.

Nunca é fácil. Só quem tinha dinheiro investido entende como nosso psicológico é estilhaçado nestes momentos.

Nós aproveitamos oportunidades. Mudamos a carteira.

Compramos o que caía mais, vendemos o que caía menos.

Criamos caixa, concentramos e desconcentramos. No olho do furacão, colocamos nosso capital em algumas das melhores oportunidades que encontramos.

ANTI-Trader (branco) e Ibovespa (azul). Fonte: Bloomberg.

Nos recuperamos.

O AT acumula +69 por cento de rentabilidade desde sua criação em 11 de junho de 2019.

Amanhã, completamos um aninho.


Jogamos nosso próprio jogo

O segredo é simples.

Enquanto o mercado tenta prever o futuro, procura pelo que mais sobe e procura pela "nova Magalu", nós procuramos os erros do mercado.

Procuramos pelas melhores empresas, as que mais crescem e que o mercado ignora.

Seguindo os passos de Warren E. Buffett e seu Value Investing, procuramos por ótimos negócios a ótimos preços.

E, confiamos no que fazemos.

Por isso, a carteira sobe +69 por cento em 12 meses, mesmo passando pelo drawdown mais severo da história da Bolsa brasileira.


Não damos dicas, ajudamos a investir

Confiança é o nome do jogo.

O Telegram tem um papel fundamental nisso. Fazemos questão de fornecer um nível de atendimento sem igual ao assinante.

Por isso, a série fica fechada para novos assinantes.

Mas abrimos a pedido da Marilia, para fazer parte da oferta na sua tese da Vingança das Sardinhas.

As últimas vagas serão preenchidas hoje. Após ajudar os novos assinantes a entenderem o que fazemos, como e por que fazemos, nosso foco será na estratégia.

Nosso portfólio está se valorizando muito bem nas últimas semanas.

Mas nunca deixamos o volante. Precisamos ajustar nossas posições para o momento.

Esse movimento dos mercados exige atenção. Estamos olhando para a carteira e vendo os ajustes que precisam ser feitos.

Vamos ter que fechar as inscrições da série ANTI-Trader novamente. Receberemos os pedidos de novos membros somente até a meia-noite de hoje.

Caso o número de inscritos seja muito elevado, podemos tirar o acesso do ar antes do horário estabelecido.

Sendo assim, deixo aqui o link para quem ainda não havia feito a inscrição e não quer ficar de fora.

2020 apenas começou.

Ainda teremos crise política, crise econômica, reformas, eleições, ...

Deixe-nos te ajudar a investir melhor.





Em observância ao Artigo 22 da Instrução CVM nº 598/2018, a Nord Research esclarece que oferece produtos contendo recomendações de investimento pautadas por diferentes estratégias e/ou elaborados por diferentes Analistas. Dessa forma, é possível que um mesmo valor mobiliário encontre recomendações distintas em diferentes produtos por nós oferecidos. As indicações do presente Relatório de Análise, portanto, devem ser sempre consideradas no contexto da estratégia que o norteia.


Compartilhar este artigo
por Bruce Barbosa
em 10/06/2020 para Nord Insights

Possui 17 anos de experiência no mercado financeiro. Antes de fundar a Nord Research passou pelo BNP Paribas, HSBC e Empiricus Research. Formado em Engenharia de Produção pela USP e possui um MBA pela New York University.

Receba nosso conteúdo GRATUITO!